01.11.2017 | Notícias

O barro na mão do oleiro – Argila 2ª série de Ensino Médio

Nessa aula, os estudantes refletiram sobre a modelagem que estimula a sensibilidade e a criatividade por meio da linguagem artística vivenciada na transformação da matéria modelada. Bem importante e não só como meio de sustento, mas com significação para a prática educativa do ensino de arte na escola. Sendo uma forma de expressão simbólica e lúdica, o ato de manipular o barro tornou-se além de educativo, uma forma prazerosa de expressão e o tridimensional passou a representar um novo conhecimento adquirido através dos desenhos.

A modelagem existe desde os primórdios da humanidade. Na antiguidade, moldavam o barro e o transformavam em peças utilitárias e representativas.

“E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre as rodas”- Jeremias 18:3

Mesmo nas civilizações posteriores, a modelagem sempre esteve presente em vasos, máscaras, objetos decorativos e muito mais. Então podemos definir a modelagem como o ato de moldar, ajustar a forma manualmente de material como o barro, argila, e outros materiais maleáveis e transforma-los em objetos tridimensionais. Mesmo com as tecnologias ainda é uma prática bastante artesanal.

2ª série do Ensino Médio – Professor Hélio Matias – Colégio Franciscano Santa Isabel

 

 

 

Leia também